sábado, 20 de novembro de 2010

Is this thing


“Ei, nós não nos conhecemos muito bem
Então porque eu continuo pegando meu celular?
Relembrando as recordações
Ouço vozes que eu não quero entender”
♪ (Amerie – One Thing)

Nesses últimos tempos fiquei mais sensível, então tive que redobrar o cuidado comigo mesma e na realidade... Eu não sou nada fácil. Mudo de opinião milhões de vezes por minuto, me agarro nas pessoas que amo, me escondo das pessoas que amo, corro pra alcançar o que quero, corro pra fugir de nada, invento um mundo lilás e moldo ele conforme as pessoas que o freqüentam, se algo me deixar mal eu pinto o mundo que inventei e troco tudo pra tristeza não reconhecer o lugar, na verdade eu vivo camuflada com medo de que sentimentos ruins me achem...Para as coisas boas, eu apenas deixo um convite para um encontro infinito e secreto.
Depois de acontecimentos tão loucos e incríveis na minha vida eu fechei os olhos e apenas tentei imaginar a realidade, mas não consigo mais fechá-los. Eu corri com medo da ilusão ter descoberto minha camuflagem, tentei me desligar disso, mas tem coisas que nós nunca pensamos e param diante dos olhos. Tentei manter tudo como antes, mas parecia algo real sem explicação.
Talvez eu apenas não acredite nisso por estar cansada de tentar, mas tem algo que por segundos me faz acreditar... Então eu estaria talvez presa do avesso girando no mesmo lugar?
E tem algo que vem de você que tem as chaves da minha mente, olha você fez uma bagunça!
Tudo que me resta é cantar com a Amerie e dizendo:

“É essa coisa que me faz tropeçar
É essa coisa que me deixa alucinada
Essa coisa que minha alma pode estar sentindo
É essa coisa que você fez
É essa coisa que me fez escorregar
É essa coisa que eu quero admitir
É essa coisa e eu estou com ela
É essa coisa que você fez”



Nota: algumas frases do post é a letra da música One Thing – Amerie, porém com o sentido modificado.
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário